Artrose: como proteger suas articulações?

Compartilhe esse artigo!
Por  Equipe Onique  |  Publicado em 28 de junho de 2016 | Atualizado em 03 de agosto de 2018

Já ouviu falar em artrose? A osteoartrose, popularmente conhecida como artrose, que tem sua incidência predominantemente entre mulheres com mais de 60 anos, corresponde a quase 8% das causas de afastamento por incapacidade laboral da população adulta no Brasil. A doença pode ter várias causas e, também está associada a diminuição do hormônio estrogênio, que atua como protetor das articulações e dos ossos.

Atualmente a doença está situada em terceiro lugar na lista das morbidades responsáveis por trabalhadores segurados da previdência social, que recebem auxílio doença.

Porque mulheres jovens e saudáveis também devem se preocupar com a artrose

O que poucas pessoas entendem é que os fatores que desencadeiam a artrose na terceira idade podem ser, em grande parte, prevenidos ainda na juventude e na vida adulta a depender de seu estilo de vida. Portanto, algumas mudanças de hábitos simples, mas relativamente eficazes na juventude, podem poupar muitas mulheres do desconforto de viveram sob as limitações e incapacidade provocada por essa doença crônica que acomete tantas pessoas mais tardiamente.

Entendendo a artrose…

Trata-se, a grosso modo, de uma desordem articular, em que as articulações desgastam-se em decorrência do estresse envolvidos em atividades de vida diária, causando, após anos de evolução da doença, tanto dor crônica, como limitações físicas. Envolve mecanismos fisiopatológicos complexos dos quais, podemos citar, competentes inflamatórios, anatômicos, genéticos, componentes intrínsecos do arcabouço articular, da composição do matriz de colágeno que a constitui e etc; enfim, não detalharemos aqui pormenores, por não consistir o escopo desse artigo. Iremos apenas ao que interessa a você, mulher – a prevenção:

Como prevenir a artrose

Manter uma dieta saudável

Excesso de peso é um grande vilão da artrose, o sobrepeso, ao longo dos anos, provoca estresse articular em quadris e joelhos. Cada quilo a mais favorece ao estresse mecânico que acaba por deteriorar o acarbouso articular. Além disso, o próprio tecido adiposo aumenta de inflamação crônica no organismo, que, em última análise, age como adjuvante no processo de danificação articular juntamente com a injúria mecânica.

Controle do açúcar no sangue

O controle dos níveis de glicose no sangue, através de hábitos de vida saudável, é util na prevenção do Diabetes. É sabido que níveis supranormais de glicose na corrente sanguínea podem corroborar para rigidez articular deixando-as mais frágeis quando submetida à estresse mecânico, e, portanto, mais passíveis de injúria crônica. Associa-se a isso a inflamação, também já descrita acima: níveis aumentados na glicemia aumentam os níveis sanguíneos de proteínas inflamatórias, resultando, portanto, em mais injúria inflamatória articular.

Movimente-se, pratique esportes

Atividade física constitui ainda uma das melhores formas de tratamento para a artrose.  Apenas 30 min de atividade física moderada, 5 vezes na semana, auxiliam que suas articulações se tornem mais flexíveis, além de permitirem o fortalecimento da musculatura que cruza a articulação, estabilizando-a e reduzindo as lesões pelo estresse mecânico. Sem contar que a atividade física, ainda combatem os dois vilões citados já citados acima: diabetes e sobrepeso.

Mas lembre-se, ao praticar atividade física, sempre respeite os limites de seu corpo. Se sentir dores, aumente as pausas, mude a atividade ou procure ajuda especializada. Continuar insistindo em uma atividade a despeito de dores pode agravar a situação ao invés de auxiliar.

Cuide-se ao fazer esportes

Por se constituir um tecido pouco vascularizado, a cartilagem articular, quando lesionadas mais severamente, normalmente por injúrias traumáticas como, estirões, deslocamentos ou entorses, podem aumentar significativamente o risco de artrose que pode chegar até em 50% dos indivíduos que sofreram lesões traumáticas.

Portanto lembre-se de usar protetores articulares e calçados adequados ao praticar desportos como vôlei, basquete, handball e etc. Caso lesionada mais severamente, um especialista para que você consiga se reabilitar da melhor forma antes de retornar, caso contrário, o dano articular persistente só piorará as coisas.

Lembre-se, a artrose é uma doença que se desenvolve devido às agressões repetitivas em nossas articulações, a prevenção sempre será o melhor remédio já que, uma vez instaurado lesões permanentes articulares, muito demorado e pouco eficaz é o tratamento conservador.  Ser saudável hoje, e continuar saudável, é a melhor forma para um envelhecimento natural, salutar e com menos contratempos.  Previna-se, informe-se e siga com o Geração Fit.

[vc_row css=”.vc_custom_1478025320076{margin-right: 5px !important;padding-top: 15px !important;padding-right: 20px !important;padding-bottom: 25px !important;padding-left: 20px !important;background-color: #f1f5f8 !important;border-radius: 4px !important;}”][vc_column width=”1/6″ css=”.vc_custom_1467746880870{margin-right: -30px !important;}”][vc_single_image image=”11895″ img_size=”128×128″ alignment=”center” style=”vc_box_circle_2″ onclick=”custom_link”][/vc_column][vc_column width=”5/6″][vc_column_text]Adriano Fiorini (CRMMG 55654 )Médico Especialista em Clínica Médica[/vc_column_text][vc_column_text]

Especialidade: Medicina Interna – Residência Medica Hospital Odilon Behrens. Graduado na Universidade Federal de Minas Gerais. Hobbies: amante de política, corrida, musculação e trekking. Atende em Belo Horizonte – MG.

Não se esqueça de compartilhar este post!

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.