Atividade física na terceira-idade melhoram o equilíbrio e preservam massa muscular

Compartilhe esse artigo!
Por  Equipe Onique  |  Publicado em 11 de agosto de 2017 | Atualizado em 03 de agosto de 2018

Atividade física na terceira-idade: exercícios na terceira idade trazem benefícios como melhora no equilíbrio e preservação da massa muscular mesmo quando iniciada após os 60 anos.

Atividade física na terceira-idade como caminhadas, natação ou exercícios de alongamento, trazem muitos benefícios como o alivio das dores da artrite, fortalecimento dos músculos e articulações, além de evitar o aparecimento de lesões e de doenças crônicas como diabetes ou pressão alta.

Antigamente, a população idosa queria mesmo era, após a aposentadoria, descansar de seus tantos afazeres, curtir a família e viver o tempo que ainda lhe restava.

Contudo, com o avanço da medicina , principalmente a geriatria, ganhou destaque e começou a pesquisar cuidadosamente essa população. Com isso, toda a sociedade se beneficiou com uma expectativa de vida maior e com mais qualidade.

Não podemos negar as alterações fisiológicas que ocorrem com a idade, como a perda muscular, a perda óssea, o aumento de instabilidades posturais, o desgaste das articulações e a diminuição das acuidades auditiva e visual.

Mas, também sabemos que o acompanhamento médico regular, a prática de atividade física monitorada por quem entende do assunto, a boa alimentação e a preservação do seu intelecto são atitudes positivas que encontram grandes resultados na terceira idade.

Estudos científicos indicaram que a prática de exercícios na terceira-idade traz inúmeros benefícios à população idosa mesmo quando iniciada após os 60 anos.

Atividade física na terceira-idade traz uma grande vantagem no processo de socialização do idoso, com benefícios emocionais oriundos do exercício físico regular.

Com isso, ocorre a preservação de sua independência ou, quando iniciado mais tardiamente, a promoção de uma melhora em seu grau de dependência.

Sabe-se que todos os indivíduos devem consultar seu médico e fisioterapeuta antes de iniciar exercícios físicos. No caso dos idosos, isso se torna imprescindível.

Esta avaliação médica e fisioterápica estabelece os objetivos e contraindicações específicas para cada indivíduo. Diferentes formas de atividades físicas poderão ser propostas, de acordo com o resultado da avaliação, o interesse do idoso e os objetivos a serem alcançados.

Sendo assim, exercícios de resistência muscular como a musculação, exercícios de condicionamento físico como a caminhada e bicicleta, exercícios de menor impacto como a hidroginástica ou hidroterapia e mesmo a fisioterapia poderão ser muito bem utilizados na terceira idade.[vc_row css=”.vc_custom_1478024067242{margin-right: 5px !important;padding-top: 15px !important;padding-right: 20px !important;padding-bottom: 25px !important;padding-left: 20px !important;background-color: #f1f5f8 !important;border-radius: 4px !important;}”][vc_column width=”1/6″ css=”.vc_custom_1467746880870{margin-right: -30px !important;}”][vc_single_image image=”12514″ img_size=”full” alignment=”center” style=”vc_box_circle_2″ onclick=”custom_link” link=”https://oniquenutrition.com/blog/sobre/”][/vc_column][vc_column width=”5/6″]

Não se esqueça de compartilhar este post!

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.