Caminhada: benefícios e prescrição correta para quem busca saúde e bem estar

Compartilhe esse artigo!
Por  Patricia Bombardi  |  Educadora Física - CREF 100563-G/SP Publicado em 07 de março de 2016 | Atualizado em 07 de março de 2016

Os benefícios da caminhada são diversos: faz bem para o nosso corpo e nossa mente, pode ser realizada em qualquer lugar sem custo nenhum, auxilia na perda de peso, e também conseguimos melhorar o aspecto da pele diminuindo a famosa celulite. Descrevemos as principais alterações que ela causa no nosso organismo e tenho certeza que após essa leitura você será convencida a reservar pelo menos 30 minutinhos do seu tempo para melhorar sua saúde sem gastar nada. Vamos lá?

Benefícios da Caminhada

Melhora os índices de colesterol e previne a diabetes

Melhora o condicionamento cardiovascular, ajuda a diminuir os níveis de colesterol LDL e VLDL (colesterol ruim) no sangue, e melhora os níveis de colesterol HDL (colesterol bom) que ajuda na retirada das moléculas de gordura presentes no sangue. Durante o exercício a circulação sanguínea é aumentada, facilitando o fluxo de sangue, evitando que as gorduras se instalem nas paredes das artérias. A caminhada é benéfica na melhora da sensibilidade a insulina e controle da glicemia.

Contribui para o controle do peso e pressão arterial

O excesso de peso e pressão alta geralmente estão associados. Quando praticamos exercício físico regularmente, temos a diminuição de ambos. Porém, o principal motivo de levar tantas pessoas para as ruas para a prática da caminhada é a perda de peso. Com a caminhada, temos uma diminuição da ansiedade, pela liberação de endorfina, reduzindo assim o stress e aumentando a sensação de bem-estar. Provoca também uma aceleração do metabolismo, devido ao aumento na circulação sanguínea, que continua agindo mesmo depois do exercício. Na pressão arterial, a caminhada tem um resultado de diminuição na primeira hora e se mantém por até 24 horas, segundo pesquisa realizada pela Faculdade de Medicina de São Paulo.

Previne a osteoporose

Uma das principais formas de prevenção da osteoporose é a caminhada, pois devido ao impacto causado pela atividade, ocorrem estímulos nos ossos do corpo, facilitando a absorção de cálcio.

Combate a tristeza e desânimo, contribuindo para a sensação de bem estar

Sabe aquele dia em que você está mais desanimada e cansada? Pois bem, saiba que a caminhada é um excelente remédio para estes sintomas, pois age liberando dois importantes hormônios responsáveis diretos pela sensação de bem estar, a serotonina e endorfina. Endorfina: (endo = interno; morfina = analgésico). Ela é liberada com pelo menos 30 minutos de atividade e, ao ser liberada, continua agindo por mais algumas horas. Serotonina: é responsável pela regulação do nosso sono, controle da temperatura corporal e apetite. Quando não ocorre a liberação desse hormônio estamos vulneráveis a sensações como: mau humor, depressão, enxaqueca, insônia, dentre outros. O desejo de comer algum tipo de alimento de forma compulsiva pode ser diminuído com a liberação desses dois hormônios, pois quando estamos tristes ou desanimadas, buscamos na comida uma forma de bem-estar, contribuindo para o ganho de peso

Condicionamento físico e circulação sanguínea

Com a melhora do condicionamento físico, o coração não precisará bombear muito sangue para manter o corpo em funcionamento, diminuindo a frequência cardíaca de repouso. O bom condicionamento físico aumenta a contratilidade do coração, distribuindo melhor o sangue para todo o corpo, diminuindo a incidência de varizes e melhorando a oxigenação do corpo.

Prevenção de doenças cardiovasculares* e câncer

Os benefícios da caminhada, não param por aí! Ela também propicia a prevenção em algumas doenças bem conhecidas.

Algumas vantagens que o exercício promove:

  • Maior fornecimento de sangue ao miocárdio;
  • Diminuição da placa de gordura ao longo da parede interna da artéria;
  • Maior circulação sanguínea, dificultando a obstrução do sangue no interior do vaso sanguíneo cerebral.

Na prevenção e no tratamento do câncer, o exercício físico tem grande influência, melhorando a disposição e também a qualidade de vida do paciente. O exercício serve, também, como forma de prevenção da doença.

Portanto, procure se organizar para fazer, ao menos, 30 minutos de caminhada por dia. Se você não faz nenhuma atividade há muito tempo, comece aos poucos e trace metas que sejam reais, para não se decepcionar caso não consiga na primeira semana. Faça de duas a três vezes na semana: chame uma amiga, o marido, o filho ou separe aquela playlist e vá caminhar! Quando já estiver acostumada com o exercício, aumente para 5 dias na semana. Procure manter a intensidade de leve a moderada de forma que não impossibilite uma eventual conversa durante a atividade.

Os benefícios da caminhada são enormes e devem fazer parte do seu dia a dia. Se possível, faça na parte da manhã, para afastar a preguiça e o sono, já que chegar em casa após o trabalho pode impedir o seu desempenho pelo cansaço. Tenho certeza que você consegue!

Não se esqueça de compartilhar este post!

Patricia Bombardi

Educadora Física

Formada em Educação física, atua em academia como Professora e em condomínios como Personal Trainer, focada em musculação e treinamento funcional. Procura fazer a diferença na vida da aluna, entendendo e compreendendo as suas necessidades.

Artigos Relacionados

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.