Brócolis: aliado contra a Diabetes Tipo 2

Compartilhe esse artigo!
Por  Dalcia Klimaczewski  |  Nutricionista - CRN 8 12426 Publicado em 06 de julho de 2017 | Atualizado em 03 de agosto de 2018

O brócolis possui um composto natural, chamado de sulforafano, que apresenta benefícios no tratamento da Diabetes Mellitus Tipo 2 (DMT2), conforme alguns estudos demonstraram.

A DMT2 é uma doença crônica não transmissível que afeta mais de 300 milhões de pessoas no mundo e está diretamente relacionada com a obesidade. Este tipo de diabetes é caracterizado pela resistência à insulina, ou seja, o corpo resiste à ação deste hormônio, que é responsável por regular o metabolismo da glicose, fazendo com que a glicemia fique muito elevada.

Além disso, 15% dos pacientes com DMT2 não conseguem tratar a doença com medicamentos, como a metformina, devido à possíveis danos ao fígado. Dessa forma, o composto natural encontrado no brócolis, é uma alternativa de tratamento para estas pessoas.

O poder do brócolis

Estudos comprovaram que o composto sulforafano presente no brócolis, e também em outros vegetais crucíferos, suprime a produção de glicose no fígado, principalmente por diminuir a expressão gênica das enzimas necessárias para este processo, chamado de gluconeogênese.

Além disso, também foi demonstrado que o sulforafano é capaz de melhorar a tolerância à glicose, favorecendo a sua absorção pelas células.

Ambos os efeitos citados acima contribuem para o controle da glicemia, de modo que esta não fique tão elevada e não cause danos ao organismo, como a hemoglobina glicada, comum na DMT2 não tratada.

Os efeitos do sulforafano no tratamento da DMT2 se assemelham aos do medicamento metformina e, ao contrário deste, não apresenta risco de danos ao fígado.

Além disso, o brócolis também possui uma quantidade significativa de cálcio, que é um mineral importante para manter a saúde dos ossos e dentes, e que está envolvido em diversos processos fisiológicos do corpo.

Portanto, tente inserir brócolis na sua alimentação, sendo você portador da DMT2 ou não, os benefícios deste vegetal para o tratamento da diabetes também servem para a sua prevenção, além de outros benefícios que apresenta.

Para saber tudo sobre Alimentação na Diabetes, conheça o curso Nutrição na Diabetes.[vc_row css=”.vc_custom_1478024067242{margin-right: 5px !important;padding-top: 15px !important;padding-right: 20px !important;padding-bottom: 25px !important;padding-left: 20px !important;background-color: #f1f5f8 !important;border-radius: 4px !important;}”][vc_column width=”1/6″ css=”.vc_custom_1467746880870{margin-right: -30px !important;}”][vc_single_image image=”13707″ img_size=”full” alignment=”center” style=”vc_box_circle_2″][/vc_column][vc_column width=”5/6″][vc_column_text]Dalcia Klimaczewski[/vc_column_text][vc_column_text]24 anos, comunicóloga e graduanda em Nutrição pela Universidade Federal do Paraná. Adepta à nutrição comportamental, acredita que a saúde e o bem-estar são consequências do equilíbrio entre o corpo e a mente.

Não se esqueça de compartilhar este post!

Dalcia Klimaczewski

Nutricionista

Formada em Nutrição pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e pós-graduanda em Comportamento e Transtornos Alimentares pelo Instituto de Pesquisa do Comportamento Alimentar (IPCAC).

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.