Cuidados para treinar em dias frios

Compartilhe esse artigo!
Por  Equipe Onique  |  Publicado em 18 de agosto de 2017 | Atualizado em 03 de agosto de 2018

Cuidados para treinar em dias frios: dicas, sugestões e motivações para seu treino em dias de frio. Não perca o ritmo!

O inverno chega e traz aquele frio mais carregado, que faz com que muita gente deixe a atividade física de lado – apesar de essa prática regular ser benéfica em todas as épocas do ano.

Treinar em dias frios exige que mantenhamos o ânimo e o comprometimento, afinal, nossa saúde e bem estar não esperam!

Treinar no frio tem suas particularidades. Cuidados como a roupa adequada e proteção redobrada para se evitar gripes e resfriados devem ser levados em conta.

Cuidados para treinar em dias frios

 1. Aquecimento e alongamento

É costume de muita gente optar entre o alongamento ou o aquecimento antes de uma atividade física. Ou simplesmente pular as duas etapas. É importante lembrar que o aquecimento deve ser feito antes do alongamento, e no geral é uma corrida leve ou caminhada e movimentos de braços e pernas.

De acordo com o fisiologista do esporte Raul Santo, o risco de lesões aumenta nos dias frios, pois nossos receptores cerebrais ficam com a atividade limitada, demorando mais tempo para enviar reforços a articulações, musculatura e ligamentos.

Por isso, é importante dar mais atenção ao aquecimento e alongamento durante os dias frios. Na hora de alongar, a dica é aumentar o número de repetições para cada região do corpo e com maior envergadura, ou seja, esticando mais a musculatura na hora da execução.

2. Roupas adequadas

Usar roupas em excesso e/ou de tecidos não recomendados para atividade física como, por exemplo, de algodão, pode fazê-la suar mais, fazendo com que o rendimento caia e leve à fadiga.

Raul Santo afirma que é importante usar roupas específicas para a atividade física, como as de tecido dry-fit, pois elas facilitam o processo de sudorese e não pesam a roupa.

Outra recomendação é sempre manter bem aquecidas as extremidades do corpo, como mãos, pés e cabeça, pois no frio nosso corpo concentra o calor em seu centro.

Então, em caso de temperaturas muito baixas, não se esqueça das luvas, meias e touca! “Se a pessoa sentir calor durante o treino, ela pode retirar o excesso de roupas aos poucos, mas nunca tudo de uma vez, pois o corpo pode sofrer o choque térmico”, diz o fisiologista.

No frio, também é essencial usar roupas sempre bem secas. Caso contrário, você estará mais suscetível a gripes e resfriados.

3. Diminua a dose

No inverno é normal nosso rendimento na atividade física cair, até por conta do excesso de roupas. “Nessa fase, por cautela e para evitar lesões, é importante dosar mais os treinos, tanto em volume quanto em velocidade”, aconselha Raul.

Por isso, comece mais leve e vá aumentando o ritmo no decorrer da semana ou do próprio dia, sempre respeitando seus limites. “O que não pode é treinar forte todos os dias, pois o organismo não vai suportar a demanda”, alerta o especialista.

4. Continue tomando bastante água

É comum sentirmos menos sede nos dias frios, entretanto, quando o assunto é exercício físico, devemos fugir a essa regra.

“Deve-se beber água também durante o percurso, pois a boca fica muito seca por causa da baixa umidade”, diz Raul, que também recomenda a ingestão de frutas e legumes, ricos em água em sua composição e importantes para a hidratação plena do nosso corpo.

5. Troque de roupa

Imediatamente após o término do exercício você deve tirar as roupas que estava usando e trocar por outras secas, mesmo que vá tomar banho só quando chegar em casa.

Raul Santo explica que, quando você termina de treinar, suas roupas estão úmidas, o que pode prejudicar regulação da sua temperatura corporal, gerando uma hipotermia. Se for tomar banho, a temperatura deve ser de morna a quente e a vestimenta do pós-treino deve incluir um agasalho.

6. Não se exponha ao frio após o treino

No pós-treino é importante não se expor ao frio, pelo mesmo motivo que devemos trocar de roupa. O corpo está quente por causa da atividade física e expô-lo imediatamente ao frio pode causar uma inversão térmica, seguida de hipotermia. “O corpo deve esfriar gradualmente”, afirma Raul.[vc_row css=”.vc_custom_1478024067242{margin-right: 5px !important;padding-top: 15px !important;padding-right: 20px !important;padding-bottom: 25px !important;padding-left: 20px !important;background-color: #f1f5f8 !important;border-radius: 4px !important;}”][vc_column width=”1/6″ css=”.vc_custom_1467746880870{margin-right: -30px !important;}”][vc_single_image image=”12514″ img_size=”full” alignment=”center” style=”vc_box_circle_2″ onclick=”custom_link” link=”https://oniquenutrition.com/blog/sobre/”][/vc_column][vc_column width=”5/6″]

Não se esqueça de compartilhar este post!

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.