O perigo da utilização de termogênicos para emagrecer e, como substituí-los de maneira segura e eficaz por fitoterápicos

Compartilhe esse artigo!
Por  Jéssica Mateus  |  Nutricionista Publicado em 10 de maio de 2016 | Atualizado em 10 de maio de 2016

Que termogênicos oferecem riscos à saúde você provavelmente já sabe, não é mesmo? Mas afinal, por que estas substâncias são tão perigosas? E, que tipo de fitoterápicos podem ser boas alternativas a elas?

Se você tem essas dúvidas continue lendo, pois vamos te explicar tudinho a respeito.

Os termogênicos estão sendo procurados com maior frequência nesses últimos anos por mulheres que querem emagrecer ou eliminar aquelas gordurinhas a mais.

Porém, o uso, sem que seja feita uma pesquisa prévia sobre os efeitos colaterais, pode dar um susto, como por exemplo, taquicardia repentina ou tontura.

Para que os efeitos adversos provocados pelo uso destas substâncias possam ser melhor compreendidos, é preciso entender o motivo de sua utilização.

Estas substâncias promovem uma queima de gordura mais rápida por acelerar o metabolismo, reduzir o apetite, e garantir mais energia para os treinos, melhorando a performance.

Perigos dos termogênicosPerigos da utilização de termogênicos

Mesmo com tantos benefícios, pessoas que possuem problemas cardíacos, diabéticas ou que possuem problemas para dormir, não devem tomar os termogênicos, pois podem causar insônia, dor de cabeça, enjoo, arritmia cardíaca, aumento da pressão arterial, agitação, falta de concentração e, até mesmo, AVC (acidente vascular cerebral).

Produtos fitoterápicos como alternativa segura aos termogênicos

Então, como podemos dar aquele up durante o treino e propiciar uma queima de gordura mais eficiente? A resposta está nos produtos fitoterápicos.

A definição da ANVISA para os fitoterápicos os considera como: “todo medicamento manufaturado obtido exclusivamente de matérias-primas ativas vegetais, com a finalidade de interagir com meios biológicos, a fim de diagnosticar, suprimir, reduzir ou prevenir estados e manifestações patológicas, com benefício para o usuário”.

Fitoterápicos mais utilizados no Brasil

fitoterapicos mais utilizados no Brasil

Quais são os exemplos dos fitoterápicos que são permitidos pela ANVISA (alguns tipos não são permitidos no Brasil por conta de sua composição) e que podem ser bons aliados para o emagrecimento? Preparamos uma lista com os 8 principais, confira:

1. Spirulina

A spirulina foi cultivada há milhões de anos por índios, incas, africanos e europeus, porém seus benefícios só foram estudados há mais ou menos 20 anos. Hoje em dia, ela é consumida em forma de pó.

É considerada um superalimento por conter uma alta concentração de proteínas de alto valor biológico e, também, por possuir vários nutrientes importantes como: vitamina b12, vitamina b6, vitamina b2, vitamina b1, vitamina E, potássio, cálcio, zinco, magnésio, manganês, selênio, ferro e fósforo.

É um fitoterápico que auxiliar no emagrecimento por conta quantidade de nutrientes, principalmente de fibras, que por conta da alta quantidade de antioxidantes, geram uma sensação de saciedade, impedindo que pessoas que estão seguindo uma dieta para perda de peso, sintam fome.

2. Chá verde

O chá verde, Além de ser um alimento termogênico e antioxidante capaz de combater os radicais livres do nosso corpo, é capaz de ajudar na oxidação do colesterol ruim (LDL) e reduzir a lipoproteína de baixa intensidade e também reduz a pressão arterial.

3. Cascara sagrada

É conhecida por auxiliar no tratamento de inchaço abdominal, fluxo menstrual desregulado, prisão de ventre, problemas de fígado e dispepsia.

Porém, temos que lembrar que seu uso deve ser em moderação, pois pode apresentar em algumas pessoas, náuseas, vômitos, desidratação e dores abdominais.

4. Centella Asiática

Os poderes dessa planta vão te deixar animada! Motivo simples, ela ajuda no combate a celulite por causa da sua atuação como vasodilatadora, que aumenta a circulação sanguínea no nosso corpo.

É também uma poderosa estimulante da produção de colágeno, que diminui a flacidez e fortalece a pele. Além disso, combate a retenção de líquidos controlando o inchaço.

5. Porangaba

Conhecida como chá-de-burgue, é utilizada pelo seu poder diurético por atuar nos rins ajudando a expulsar as impurezas do organismo.

Contribui também para a diminuição do apetite e melhora a disposição para os treinos e atividades do dia a dia.

fitoterápico Advantra Z6. Advantra Z

Conhecida como citrus aurantium, o fitoterápico é produzido a partir do extrato da laranja amarga.

Entre os seus principais benefícios está a aceleração do metabolismo, promovendo uma queima de gordura eficaz.

7. Garcinia Cambogia

fitoterápico Garcinia Cambogia

Original das florestas da Camboja, a garcínia cambogia era utilizada como aromatizante e como conservante pelos nativos, mas não é só para isso que ela serve.

Além do seu poder termogênico, ela consegue diminuir a taxa de triglicerídeos do nosso corpo, auxiliando na perda de peso por inibir a formação de novos tecidos adiposos.

8. Cassialamina

Extraída do fruto da Cassia noname, a cassialamina é conhecida pela ação inibidora da lipase, ou seja, diminui a absorção e a digestão da gordura, além de reduzir a pressão arterial, colesterol, ácido úrico e dos níveis de açúcar do sangue. Auxiliando desta forma, no processo de emagrecimento.

Pensando em tantas informações que trouxemos para você com o objetivo de substituir os termogênicos, que podem trazer danos à saúde, pelos fitoterápicos, o que você acha de deixar de lado o termogênico ou aquela ideia de consumí-los por uma escolha mais saudável para você?

Lembrando sempre que devemos fazer o uso com uma orientação médica ou do nutricionista, praticar exercícios físicos regulares e uma dieta balanceada para que o objetivo de emagrecimento possa ser alcançado.

Não se esqueça de compartilhar este post!

Jéssica Mateus

Nutricionista

Nutricionista formada na Universidade Anhembi Morumbi. Apaixonada por cozinhar e por procurar em como os alimentos podem afetar nossa saúde. Praticante de natação e corrida nas horas vagas.

Artigos Relacionados

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.