5 produtos naturais pouco conhecidos e altamente nutritivos para você incluir em sua rotina hoje mesmo

Compartilhe esse artigo!
Por  Mariane Savassi  |  Nutricionista - CRN 43720 Publicado em 26 de setembro de 2016 | Atualizado em 26 de setembro de 2016

Produtos naturais são os queridinhos na hora de entrar na dieta. Mas, nem sempre sabemos qual escolher, não é verdade?

Dentre tantas opções, cada produto natural tem uma ação específica. Confira o especial que preparamos para você não ter dúvida na hora de levar para casa seu produto natural.

5  Produtos naturais pouco conhecidos e altamente nutritivos

1.Maca Peruana

Maca peruana

A maca peruana é um tubérculo muito comum na Cordilheira dos Andes, sua aparência se assemelha muito ao rabanete. A forma mais comum de ser encontrada para consumo é em pó ou em cápsulas.

É um produto natural rico em vitaminas, minerais, proteínas e fibras. O principal objetivo da maca peruana é ajudar na prevenção de doenças.

Outro benefício que chama bastante a atenção no produto é a manutenção de peso, benefício este que fez com que a Maca Peruana se tornasse a queridinha nas gôndolas das lojas de produtos naturais.

Porém, nunca é demais ressaltar que para que estes benefícios sejam alcançados é preciso que o consumo do produto esteja aliado à alimentação equilibrada, pois nenhum produto natural é capaz de fazer milagre não é mesmo?

Onde encontrar a maca peruana?

Esse produto natural pode ser encontrado facilmente em lojas de produtos naturais e também em farmácias e laboratórios de manipulação, mas sempre é aconselhável procurar um nutricionista ou profissional da saúde para definir a dose recomendada de acordo com o seu objetivo.

Quais os principais benefícios da maca peruana? 

Efeito afrodisíaco

A maca peruana é muito conhecida pelo seu efeito afrodisíaco. Traz excelentes benefícios à saúde da mulher: além de ser energética, ajuda na restauração física e psicológica, melhora a concentração e fortalece o sistema imunológico. Auxilia também na regulação do ciclo menstrual contribuindo também para uma melhor previsilibidade do período fértil e, ajuda a reduzir os sintomas da TPM e da menopausa.

Ajuda a emagrecer

Quem está pensando em perder peso de forma saudável, deve se preocupar com as calorias ingeridas e um plano alimentar que alie dieta e exercícios.

A maca peruana é rica em fibras, dando maior saciedade e reduzindo o apetite. Vale reforçar: o consumo desse produto natural sem a mudança de hábito ou acompanhamento nutricional não apresentará mudanças significativas.

Ajuda a controlar o diabetes

A maca peruana pode agir no controle de glicemia de duas maneiras: diminuindo a velocidade da absorção de glicose pelo corpo por causa do alto teor de fibras e, também inibindo a ação de uma enzima que atua no processo de digestão, evitando a liberação de grandes quantidades de insulina de uma só vez, o que poderia levar à resistência a insulina.

Faz bem para o coração

A maca peruana é um dos produtos naturais ricos em ômega 3, que ajuda a regular o colesterol também por conter o ômega 9, que diminui o colesterol ruim (LDL) e aumenta o colesterol bom (HDL).

Reforço para a imunidade

 A maca peruana é um dos produtos naturais recomendados para quem sofre da síndrome da fadiga crônica.

Ela tem o efeito de ser um tônico revigorante, que se adapta as condições mais adversas do dia-a-dia.

Calmante da menopausa

A maca alivia os sintomas comuns da menopausa, como ondas de calor, sem os efeitos colaterais da reposição hormonal, ajuda a diminuir a fadiga, além de elevar a libido.

2. Cacau em pó

Cacau em pó

Mas cacau não engorda? Calma! Há uma grande diferença entre o chocolate e o cacau.

O cacau é um produto natural usado na fabricação do chocolate. Os benefícios do cacau em pó são inúmeros, sendo isento de açúcar e menos calórico e gorduroso, ao contrário do que encontramos no chocolate.

O cacau em pó tem gordura?

O cacau em pó é feito através do processamento dos grãos do cacau. A maior parte da sua gordura é removida para outros preparos, o que sobra no produto é secado em altas temperaturas e transformado em pó.

Quais os benefícios do cacau em pó?

O cacau em pó é um produto natural que tem uma quantidade boa de potássio, responsável por regular os batimentos cardíacos e a pressão sanguínea.

Também contém fósforo, magnésio e cálcio para construir os ossos, tecidos e nervos. Dentre os principais do cacau estão:

Efeito antioxidante

O cacau em pó é um produto natural rico em antioxidante das classes dos polifenóis, tem muito mais que o vinho tinto e o chá verde.

Efeito antidepressivo

No cacau tem um composto chamado fenetilamina, que é um neurotransmissor que age em nosso cérebro, fazendo com que nosso humor melhore, aumenta também a endorfina, e por esse motivo, nos sentimos bem, e mais felizes. 

Efeito anti-inflamatório

Por ter bastante flavonoides, um dos benefícios do cacau em pó é seu efeito anti-inflamatório, com funções vasodilatadoras.

Melhora o sistema cognitivo

Agindo diretamente sobre a memória, seus flavonoides ajudam muito no processo de oxigenação cerebral.

Que tal trocar aquele achocolatado cheio de açúcares e gorduras pelo cacau em pó para iniciar o dia com boa memória?

Melhora os sinais de envelhecimento

Seus polifenóis agem como neutralizante dos radicais livres, inclusive na pele, impedindo o envelhecimento precoce, inclusive por exposição ao sol.

Cacau em pó para atletas

O cacau, aliado ao leite, poderá ajudar muito os atletas e praticantes de exercícios a se recuperarem após os treinamentos.

Seus carboidratos e proteínas são os principais elementos presentes nessa recuperação, fazendo com que o aumento da resistência física seja um dos benefícios do cacau em pó.

Como inserir o cacau em pó na alimentação?

A forma mais prática de consumir cacau em pó é substituir os achocolatados conhecidos por cacau em pó.

Essa medida é muito boa para diminuir a quantidade de açúcares e gorduras da alimentação.

3. Açúcar de coco

Açúcar de coco

O açúcar de coco é um produto natural que possui um baixo índice glicêmico, com muitas vitaminas e, além disso, é um ótimo substituto para o açúcar refinado comum.

Como todo açúcar, o açúcar de coco possui calorias e deve ser usado com moderação. Por ter índice glicêmico mais baixo, as chances de que o açúcar de coco nos faça estocar aquelas gordurinhas indesejáveis diminuem.

A razão é simples: quando há picos de açúcar no sangue, o organismo é obrigado a liberar insulina para retirar esse açúcar. Como não tem para onde ir, ele é estocado em forma de gorduras nada agradáveis.

4. Óleo de coco

Óleo de coco

O óleo de coco é um produto natural extraído a partir dos cocos da palmeira Cocos nucifera. Muitas pesquisas indicam que populações que têm o hábito de consumi-lo apresentam um bom estado de saúde.

Para que serve o óleo de coco?

  • Pode ser um substituto do óleo de cozinha convencional para as frituras. A pipoca preparada com o óleo de coco tem um sabor muito especial.
  • Existem muitos produtos cosméticos à base de óleo de coco: produtos de banho, para o cabelo, maquiagens, cremes de barbear, bronzeadores e outros tantos produtos para e pele. Ele é uma fonte de vitamina E, que tem um grande poder hidratante.

Quais as propriedades do óleo de coco?

O óleo de coco é um dos produtos naturais compostos por ácidos graxos saturados (isso mesmo, aqueles ácidos graxos que fazem mal a saúde do coração), no entanto a maioria deles possuem uma cadeia média: só para você conhecer os nomes: ácido láurico, ácido cáprico, ácido caprílico, ácido mirístico e ácido palmítico.

No nosso organismo, o ácido láurico tem uma ação antimicrobiana, assim como os demais ácidos graxos saturados.

Possui também os ácidos graxos insaturados: o ácido linoleico (ou ainda ômega 6, que reduz os níveis de LDL e aumenta os de HDL) e o ácido oleico (ou ainda ômega 9, que reduz os níveis de LDL). O óleo de coco também é fonte de vitaminas do tipo E e K.

Quais os benefícios do óleo de coco?

Ajuda a emagrecer

O óleo de coco auxilia diretamente na queima de gorduras e na diminuição do apetite. Os ácidos graxos de cadeia média quando ingeridos, vão diretamente para o fígado, onde são utilizados para produzirem energia (ATP), não sendo armazenados na forma  de gordura em nosso corpo.

O óleo de coco também é muito eficaz na redução das gorduras abdominais. Além de ser considerado um alimento termogênico: eleva a temperatura corporal e acelera o metabolismo como um todo.

Faz bem para o coração

Algumas gorduras presentes no óleo diminuem o nível de colesterol ruim (LDL), que é um fator de risco para as doenças cardíacas, e elevam o de colesterol bom (HDL).

Pesquisas brasileiras mostram que o óleo de coco como vários produtos naturais são excelentes para reduções de peso (consequentemente também do IMC), da relação abdômen-quadril, da medida da circunferência abdominal, dos níveis de triglicérides, VLDL (lipoproteína de muito baixa densidade) e LDL além de aumentar, de forma mais sutil, os níveis de HDL.

Atenção:

  • A quantidade de óleo de coco que é segura para o consumo humano ainda não foi estabelecida. Sempre devemos nos atentar à dose máxima (que ainda não foi estabelecido);
  • Para obter todos os benefícios do óleo de coco, consuma em quantidades moderadas e use a criatividade para inseri-lo na sua alimentação preparando pratos saborosos.

5. Semente de girassol

Semente de girassol

A semente de girassol é um daqueles produtos naturais que englobam vários benefícios como emagrecer, desinchar e desintoxicar. A semente de girassol é facilmente encontrada com casca, sem casca, crua ou torrada.

Seu custo é baixo, seu sabor delicado, suas propriedades riquíssimas, além de ser totalmente versátil nos preparos culinários.

A semente de girassol ajuda emagrecer?

As sementes de girassol aumentam a saciedade por terem uma excelente quantidade de fibras, ao consumir uma porção da semente antes das principais refeições seu apetite será diminuído, logo, você irá comer menos e a perda de peso vai vir mais rápida.

Se você consumir 30 gramas desse produto diariamente, divididas entre as principais refeições, terá ótimos resultados.

O óleo de girassol traz os mesmos benefícios que a semente?

Em nosso organismo, há uma enzima encarregada de transportar toda a gordura que está em circulação no sangue até as células adiposas.

Essa enzima (LPL), quando em contato com o óleo de girassol, tem essa função inibida, e nesse caso, o organismo é obrigado a buscar energia nos estoques de gordura armazenadas em nosso corpo.

E se eu quiser ganhar massa muscular, posso consumir produtos naturais?

Já é comprovado que a semente de girassol contribui para o ganho de massa muscular por ter bastante proteína, que contribui para o ganho de volume e tônus muscular. Além desse, a semente de girassol possui também outros benefícios, confira:

  • O magnésio ajuda na formação dos ossos e produz energia.
  • O selênio é um mineral antioxidante que ajuda na massa muscular;
  • O ácido linoleico é particularmente importante para os praticantes de fisiculturismo, atuando na construção, reparação e manutenção do tecido muscular;
  • A vitamina E presente na semente ajuda a musculatura se recuperar no pós-treino;
  • Ajuda a combater o mau colesterol, evitando que ele se fixe nas paredes das artérias;
  • Fonte de selênio, reconhecidamente importante na prevenção do câncer;
  • É desintoxicante;
  • Seus fitoesteróis aliviam os sintomas da menopausa;
  • Ajuda a recuperar a musculatura no pós-treino;
  • A saúde da pele aumenta devido à vitamina E das sementes;
  • Aumenta a saciedade;
  • O magnésio nessas sementes alivia o estresse, acalmando os nervos;
  • Boas para tratar enxaqueca;
  • As sementes apresentam magnésio e cobre, que ajudam na saúde dos ossos, dentes e unhas;
  • Suas fibras ajudam no funcionamento do intestino;
  • A vitamina E encontrada nas sementes de girassol ajuda a aliviar dores, provocadas por doenças de natureza inflamatória, como artrite reumatóide, úlceras, etc.

Como introduzir a semente de girassol na alimentação do dia-a -dia?

Uma das formas de desfrutar dos benefícios da semente de girassol é através do seu chá. Para isso, será preciso um litro de água onde serão fervidas 2 colheres de sopa das sementes de girassol torradas.

Após levantar fervura, aguarde 10 minutos e retire do fogo. Mantenha tampado, em infusão, por 20 minutos. Coe e consuma 3 a 4 xícaras de chá ao dia. Por ter um paladar extremamente agradável, as sementes de girassol são crocantes e poderão ser utilizadas em saladas, lanches, granola, iogurtes, molhos e onde mais a imaginação permitir.

Conclusão

Listamos aqui 5 produtos naturais fáceis de inserir no dia-a-dia. Cada um com uma propriedade específica, mas que tem sempre o mesmo objetivo: reduzir a gordura corporal e melhorar a sua qualidade de vida.

Sempre que possível converse com um nutricionista ou outro profissional da saúde para receber as corretas orientações a respeito da quantidade e a melhor forma de consumir produtos naturais. E lembre-se: o consumo desses produtos naturais deve sempre estar aliado a uma alimentação saudável e a prática de atividades físicas.

E qual o seu queridinho e aliado da dieta? Deixe nos comentários!

Mariane Savassi

Nutricionista

Mariane Savassi, 29 anos, paulista, nutricionista personal diet, especializada em fitoterapia e suplementação clínica e esportiva e aprimorada em nutrição em cardiologia. Viciada em livros de receitas, chef amadora nas horas vagas e cinéfila gastronômica. Faz caminhadas regulares para controlar o corpo e a mente.

Artigos Relacionados

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.