Soluço: o que é, dicas para evitar

Compartilhe esse artigo!
Por  Equipe Onique  |  Publicado em 12 de março de 2019 | Atualizado em 27 de maio de 2019

Soluço: desde pequenos, era comum ouvirmos que as causas são comer rápido, beber muito refrigerante refrigerante ou rir. E que tomar água com açúcar ou levar um susto resolve o problema? Não é bem assim…

O soluço é uma contração involuntária, intermitente e espasmódica do diafragma e dos músculos intercostais. Esta contração dá origem a uma inspiração súbita e termina com o fechamento abrupto da glote, o que gera o som de “hic” característico. Na maioria das vezes é inofensivo, possui uma frequência média de quatro por minuto e desaparece espontaneamente em alguns minutos.

O mecanismo que causa soluço ainda é desconhecido e envolve as vias neurológicas que formam um arco reflexo. Essas vias abrangem nervos como o frênico (diafragma), o vago (responsável pela inervação de grande parte das funções digestivas) e conexões no sistema nervoso central.

Não se sabe se há algum papel fisiológico para o soluço. No útero, acredita-se que soluço no feto tem a ver com exercícios respiratórios, antes do nascimento.

Além disso, para que o soluço seja parado de forma eficaz e definitiva, é importante eliminar a sua causa, que pode ser a dilatação do estômago por comer demais ou rápido, ingerir bebidas alcoólicas ou ter refluxo, por exemplo.

Dicas para parar o soluço

Algumas dicas para parar o soluço de forma rápida são:

1. Beber um copo de água gelada, ou chupar gelo, pois estimula os nervos do tórax;

2. Prender a respiração o máximo que conseguir ou respirar dentro de um saco de papel, pois aumenta os níveis de CO2 no sangue, e estimula o sistema nervoso;

3. Respirar profunda e lentamente, para esticar o diafragma e músculos da respiração;

4. Tomar um susto ou rir bastante, pois libera adrenalina que interfere no funcionamento cerebral e estimula os nervos musculares;

5. Beber um pouco de água com o tronco inclinado para frente ou de cabeça para baixo, pois isso relaxa o diafragma;

6. Tapar o nariz e fazer força para soltar o ar, contraindo o tórax, chamada de manobra de Valsalva, que é outra forma de estimular os nervos do tórax;

7. Comer uma colher de açúcar, mel, limão, gengibre ou vinagre, pois são substâncias que estimulam as papilas gustativas, sobrecarregam os nervos da boca e ocupam o cérebro com outras estímulos, fazendo relaxar o diafragma.

Como parar o soluço persistente

O soluço persistente ou crônico é aquele que dura mais de 2 dias, e, nestes casos, é recomendado consultar o clínico geral para que sejam investigadas as possíveis causas, que podem ser infecções, inflamações ou doenças gastrointestinais, por exemplo, e tratá-las corretamente.

Além disso, se necessário, o médico pode receitar um remédio para tratar o soluço de forma mais intensa, como Clorpromazina, Haloperidol, Metoclopramida e, em casos mais graves, Fenitoína, Gabapentina ou Baclofeno, por exemplo.

Não se esqueça de compartilhar este post!

Artigos Relacionados

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.