Whey Protein feminino: como encontrar o produto ideal analisando tabela nutricional e lista de ingredientes

Compartilhe esse artigo!
Por  Ana Carolina Rocha  |  Nutricionista - (CRN3 - 48025) Publicado em 13 de agosto de 2019 | Atualizado em 14 de agosto de 2019

Whey Protein feminino: com tantas opções no mercado, nós consumidores ficamos perdidos na hora de escolher o produto que seja ideal para nossa necessidade. Neste artigo vamos ensinar algumas dicas de como identificar o produto que melhor se encaixa em sua rotina.

Mas, antes de escolher seu Whey Protein feminino é preciso entender como e porque utilizá-lo. Caso você não saiba o que é whey protein, leia este artigo aqui do blog em que explicamos tudo o que você precisa saber sobre.

Para que utilizar Whey Protein?

Atualmente o Whey Protein é o suplemento de proteína mais procurado por quem busca fortalecimento e crescimento muscular. No entanto, os benefícios deste suplemento vão muito além do ganho de massa magra.

Dentre os benefícios adicionais, podemos citar: aumento de imunidade, aumento da densidade mineral óssea, auxilia no aumento da saciedade, auxilia na redução de massa gorda.

Antes de iniciar a utilização deste suplemento alimentar, converse com um profissional da saúde (médico ou nutricionista) sobre os benefícios, riscos e dosagem necessária para atingir seus objetivos de saúde.

Como utilizar seu Whey Protein para ter os melhores resultados no treino

Os suplementos de proteína são melhor absorvidos após o treino. Estudos mostram que o corpo apresenta uma janela de absorção de proteína até 24 horas após o exercício, ou seja, você não é obrigado a tomar seu suplemento imediatamente após o treino para ter o efeito anabólico.

Caso esteja fazendo a utilização de Whey Protein para fins que não sejam de ganho de massa magra, é importante consultar seu nutricionista para entender a melhor forma de inserir este suplemento em sua rotina alimentar.

Whey Protein feminino: como comparar os produtos no mercado para fazer a melhor escolha

O rótulo dos alimentos é a melhor fonte de informações na hora de se comprar um suplemento alimentar e muito útil na hora de se comparar diferentes marcas de uma mesma categoria de suplemento. Assim é possível realizar uma escolha consciente e mais adequada às suas necessidades nutricionais.

Os principais pontos que nos ajudam na hora de comprar diferentes produtos são:

1. Lista de ingredientes

A lista de ingredientes contém a descrição de tudo que compõe o produto em ordem decrescente de quantidade, sendo primeiro os ingredientes e depois os aditivos.

Como estamos buscando um suplemento de proteína, é essencial que o primeiro ingrediente seja justamente ela. E de preferência que seja Whey Protein isolado. Mas, calma, a lista de ingredientes estará em português, então no lugar de Whey Protein isolado, procure por produtos que apresentem, como primeiro ingrediente da lista, a proteína isolada do soro de leite, como é o caso do Unique Whey da Onique Nutrition, que apresenta em sua composição cerca de 80% de proteína isolada produzida pela Glanbia Nutritionals, laboratório mundialmente reconhecido por produzir a melhor proteína do soro do leite do mundo.

Fique atento(a)!

A maioria dos Whey Protein femininos existentes no mercado apresentam como primeiro ingrediente da lista a proteína concentrada do soro do leite. Ingrediente este cujo processo de filtragem, para sua obtenção, não é capaz de retirar consideravelmente os açúcares e gorduras, fazendo com que o produto apresente um teor mais elevado de carboidratos e gorduras. Já na proteína isolada do soro do leite, o processo de filtração avançado retira quase todo o conteúdo de carboidratos, lactose e gorduras, o que torna o ingrediente mais puro e eficiente.

Existe também a proteína hidrolisada do soro do leite, muito utilizada por laboratórios de todo o mundo, que nada mais é do que a proteína isolada quebrada em partículas menores para facilitar a digestão, indicada para pessoas que sentem desconforto gastrointestinal ao ingerir a proteína isolada e/ou concentrada.

Qual delas é a melhor para minha necessidade?

A escolha vai depender se a pessoa é intolerante a lactose ou não, poder aquisitivo e também se fará combinação com outros suplementos alimentares.

Outro ponto importante é que o suplemento de proteína pode não somente combinar diferentes tipos de whey, como diferentes tipo de fonte de proteína – colocando parte de proteína vegetal (como a da soja) no produto. Isso não reduz drasticamente a qualidade do produto, no entanto irá fazer uma diferença no preço final. Fique ligado caso encontre um produto muito mais barato no mercado e vá na lista de ingredientes entender o porquê.

Mais que proteínas, o suplemento alimentar também pode ter em as composição vitaminas, minerais e outros nutrientes, o que é uma vantagem para aqueles que não gostam de utilizar diversos suplementos alimentares ao mesmo tempo, mas que querem/precisam fazer uma suplementação alimentar mais completa.

O Unique Whey é uma opção de suplemento de proteína predominantemente composto pela proteína isolada do soro do leite, combinada com um baixo teor de proteína concentrada do soro do leite e enriquecido com mix de vitaminas e minerais. O Whey Protein da Onique Nutrition traz uma opção de proteína de alta qualidade biológica e a adição de outros nutrientes para mais praticidade no dia a dia.

Whey Protein com colágeno é uma boa?

Com a intenção de tornar o produto mais atrativo para as mulheres, algumas indústrias adicionam colágeno hidrolisado no Whey Protein feminino, o que “toma o lugar da proteína”, pois geralmente reduz-se a quantidade de proteína para adicionar o colágeno hidrolisado, ingrediente mais barato que a proteína do soro do leite. Portanto, caso tenha intenção em suplementar também como colágeno, o recomendado é utilizar este suplemento à parte para que seu Whey Protein seja focado no aporte proteico.

2. Lista de alergênicos

Para indivíduos com alergias e intolerâncias, a lista de alergênicos que se apresenta após a lista de ingredientes traz informações essenciais. Diferentes produtos podem trazer diferentes contaminantes, o que deve ser levado em conta caso tenha a necessidade de evitar algum tipo específico de alimento.

Importante destacar que para intolerantes a lactose, o Whey Protein isolado e/ou hidrolisado é a melhor opção, pois apresenta as menores chances de causar reações alérgicas à intolerantes devido ao seu processo de fabricação.

3. Tabela Nutricional

Na tabela nutricional encontramos informações importantes para montarmos nossa dieta e incluirmos o suplemento dentro dela.

Na tabela disponível nos produtos temos a informação por porção utilizada, que mostra tanto o valor quantitativo do nutriente constante no produto, quanto a porcentagem que esta porção equivale do nutriente em uma dieta de referência (de 2000 kcal).

As pessoas podem apresentar diferentes necessidades energéticas, portanto a % de valores diários é somente uma referência comum a ser utilizada.

Como a informação nutricional é dada por porção, a primeira coisa que você deve fazer antes de começar a comparar os produtos é verificar se os valores das porções de produtos diferentes é a mesma. Isso porque este valor irá variar conforme a indicação do fabricante.

Depois de você colocar a informação nutricional na mesma base de comparação, ou seja, no mesmo tamanho de porção, você verifica qual produto possui mais dos nutrientes que são essenciais à sua dieta – e isso varia conforme o objetivo pessoal. Ou seja, para algumas pessoas é necessário um produto com menos quantidade de gorduras totais, enquanto outra pessoa se preocupa mais com o teor de sódio.

Além disso, é na tabela nutricional que irão aparecer as quantidades de vitaminas e minerais caso a formulação do produto traga estes componentes extras. Caso alguma vitamina apareça na lista de ingredientes, mas não esteja contemplada na tabela nutricional, significa que este nutriente contribui de maneira insignificativa e portanto não traz um benefício.

4. Aminograma

O aminograma descreve a quantidade de aminoácidos que o Whey Protein feminino contém por porção, e é uma informação interessante para verificarmos a qualidade da proteína utilizada no suplemento. Entretanto, o aminograma não é uma informação obrigatória nos rótulos, no entanto, muitos produtos apresentam essa informação como forma de trazer um dado extra para o consumidor.

Preste atenção à glutamina, leucina, valina e isoleucina, os BCAA, que devem ter valores superiores.

5. Modo de preparo

Atenção também ao modo de preparo do produto. Caso o fabricante indique que o modo de preparo seja feito com outro ingrediente além de água, por exemplo leite, esse dado deve ser levado em conta na hora de comprar o produto, pois os resultados indicados pelo fabricante são garantidos conforme o modo de preparo indicado por eles.

Ou seja, se seu suplemento é recomendado para ser batido com leite, mas você prefere com água, pode não ter o resultado esperado. Além disso, algumas das informações na embalagem levarão em consideração a adição do ingrediente sugerido, como o cálculo de nutrientes.

Fique atento às propagandas enganosas!

Sempre faça uma conferência se aquelas propagandas de marketing sobre o produto, chamado de claims, como “zero lactose”, “zero gordura trans”, “sem conservantes”, ou qualquer outro do gênero realmente fazem sentido com o produto.

Para ter certeza, confira a lista de ingredientes e a tabela nutricional. Infelizmente existem muitos produtos no mercado que fazem um marketing enganoso e colocam denominações de qualidade que não estão aprovados na legislação brasileira e que podem causar engano ao consumidor. Caso você se sinta lesado por alguma informação, denuncie aos órgãos competentes e para o serviço de atendimento ao consumidor da empresa.

Importados são as melhores opções?

Nem sempre! Hoje temos linhas de produtos nacionais que são de alta qualidade e preços acessíveis, não sendo mais necessário recorrer à produtos importados. Na dúvida, confira o rótulo dos produtos antes de comprar, mesmo os produtos importados são obrigados a trazer toda sua rotulagem em português. Caso não tenha, desconfie.

Ainda está na dúvida?

Se mesmo após sua comparação ainda está com dúvidas sobre qual produto comprar, consulte seu nutricionista, que saberá sobre suas necessidades e tem conhecimento para analisar mais profundamente sobre qual formulação melhor se adapta.

Conclusão

Com várias opções de Whey Protein feminino no mercado de suplementos alimentares, os consumidores ficam confusos sobre como realizar uma compra de um produto que seja melhor para suas necessidades.

Apesar de serem em sua essência suplementos de proteína, os produtos no mercado possuem muitas diferenças de composição – e que é necessário ser levado em conta na hora de fazer sua compra.

Portanto, coloque os rótulos dos produtos que tenha mais interesse lado a lado e compare: lista de ingredientes, lista de alergênicos e tabela nutricional.

Na dúvida, consulte seu nutricionista na hora da compra!

Não se esqueça de compartilhar este post!

Ana Carolina Rocha

Nutricionista

Nutricionista pela UNICAMP e pós-graduanda em Desenvolvimento de Produtos pelo Instituto Mauá de Tecnologia. Estudou um ano de nutrição na Ulster University - Reino Unido. Atua como Personal Diet na área clínica e estética e acredita que os alimentos são fonte de saúde e felicidade para as pessoas.

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu e-mail.